Redes Sociais 

Jovem reencontra mãe biológica, mas é torturada e morta por ela nos EUA 

26 AGO 2017
26 de Agosto de 2017


Uma história que mais parece ter saído de um livro policial aconteceu no Condado de Ozark, que fica no estado do Missouri (Estados Unidos). 16 anos depois ter sido colocada para adoção, e do feliz reencontro no ano passado, Savannah Leckie foi torturada e assassinada pela mãe biológica na fazenda em que moravam. Segundo informações do The Washington Post, Rebecca Ruud, uma motorista de caminhonetes e bombeira voluntária de 39 anos, foi presa na última segunda-feira (21) por agentes da Delegacia de Polícia do Condado de Ozark, acusada, entre outras coisas, pela morte da própria filha.


A família foi desfeita logo que a garota nasceu. Savannah foi adotada por um casal do Estado de Minnesota e só voltou a se reunir com a mãe em novembro de 2016, quando seus pais adotivos se separaram e ela começou a ter problemas com o novo namorado da mãe. Foi neste momento que ela resolveu voltar a viver com Rebecca, que aceitou a proposta.


No início, o reencontro pareceu ter dado certo, como provam as imagens feitas pelas duas e postadas em redes sociais. Elas, inclusive, chegaram a abrir um negócio juntas na cidade: uma loja que vendia sabonetes. Porém, esse lado da história escondia o que realmente acontecia com Savannah, que quase não tinha vida social e não ia à escola.


Passo a passo na cena do crime


No último dia 18 de julho, um pequeno incêndio aconteceu na fazenda. Apesar de ter sido rapidamente controlado pelos bombeiros, Rebecca afirmou que Savannah se machucou, mas não deixou que ninguém se aproximasse da filha.Dias depois, ela ligou para a Delegacia para informar o desaparecimento da menina, dizendo que ela havia fugido.Neste momento, os investigadores começaram a desconfiar e resolveram interrogar Rebecca e seu namorado, Robert Peet Jr. Apesar de não querer cooperar, o casal confirmou que usava de diversas formas de tortura para punir a garota, como esfregar álcool e sal em suas feridas e fazê-la rastejar no curral dos porcos.


Por fim, depois de recolherem outras pistas, os investigadores voltaram à fazenda, onde descobriram os restos do corpo de Savannah, e foram em busca do casal, que havia fugido para se casar em outra cidade.


Encontrados, Rebecca e Robert foram separados e enviados para prisões diferentes, onde aguardam o julgamento, que pode até sentencia-los a pena de morte, legal no estado do Missouri.


fonte: Bol

Voltar

.

Sistema de Comunicação Théia Sol

Rádio Sol,A Rádio da Alegria!.