Redes Sociais 

Johnson & Johnson é condenada a pagar indenização milionária a consumidora vítima de câncer 

23 AGO 2017
23 de Agosto de 2017

Talco da Johnson & Johnson (Divulgação)

A Justiça norte-americana condenou a Johnson & Johnson ao pagamento de indenização no valor de US$ 417 milhões à consumidora Eva Echeverria, a qual afirmou ter desenvolvido câncer de ovário após usar o talco produzido pela empresa.


A sentença foi emitida nesta segunda (21) pelo tribunal superior de Los Angeles e, de acordo com um porta-voz dos advogados de Echeverria, inclui US$ 70 milhões em compensações e US$ 347 milhões em multas.


“Vamos recorrer do veredito de hoje, porque somos guiados pela ciência, que apoia a segurança do Johnson’s Baby Powder”, afirmou a companhia à imprensa.


A vitória de Echeverria segue a direção de inúmeros processos e julgamentos movidos por consumidores contra a Johnson & Johnson, pela falta de informações precisas e adequadas aos clientes sobre os riscos de câncer advindos do uso de produtos com base de talco – movimento este que já rendeu ao grupo um prejuízo de mais de US$ 300 milhões em indenizações.


fonte: Giro Business

Voltar

.

Sistema de Comunicação Théia Sol

Rádio Sol,A Rádio da Alegria!.